Sistema Intuitivo e Interface Gráfica

Intuitividade é um caminho, um compromisso.

Uma interface gráfica é o meio para facilitar a interação intuitiva entre usuário e sistema.

Construímos um sistema intuitivo, baseado numa mistura de bom senso e experiências, definindo diretrizes que precisam estar presentes, em cada discussão sobre o produto.

Vamos imaginar uma rede, com 5.000 assinantes e 625 caixas com splitters 1×8. Para conectar isso tudo com  6 cliques por operação, são 33.750 cliques. Ao reduzir 2 cliques por operação, precisaremos de 22.500. Uma economia de 11.250 cliques. Dessa forma prezamos, pela praticidade e otimização do tempo de nossos clientes.

Existem situações mais complexas, onde é preciso uma série de cliques para se atingir um objetivo. E se algo der errado não podemos permitir que seja necessário recomeçar todo o processo.

Nossas diretrizes em busca de uma interface intuitiva são

Desenhos são melhores que tabelas e formulários.

Por se tratar de mapeamento, algo espacial, o Ozmap entender que imagens e desenhos serão sempre mais adequados para localizar elementos e entender como eles se relacionam.

Não só para visualizar mas também para criar e editar informações. E o que é muito importantes e diferente de outras ferramentas, o que se vê como um desenho na tela não é apenas um desenho mas a representação de um elemento com uma série de atributos, em forma de desenho.

Uma linha usada para representar um cabo não é apenas uma linha com um nome (como em ferramentas de desenho). É um objeto com tamanho, atenuação, ocupação, início, fim, comprimento, status. É um objeto que permite operações como edição, destaque, navegação, localização.

Tabelas são usadas apenas em casos necessários, como cadastros de modelo, usuários, e resumos de relatórios.

Informação não é dado, não adianta apresentar tudo ao mesmo tempo.

Ao separar as informações em camadas (layers e sublayers) é fácil concentrar-se somente no que é necessário para a tarefa do momento. Muitas vezes queremos ver só caixas e cabos. Outras vezes só se quer trabalhar com postes. Com apenas um clique se habilitar ou desabilitar uma camada de forma instantânea.

Cada clique importa.

A cada nova funcionalidade, nossa equipe investe um bom tempo pensando em como economizar cliques. Como uma tarefa pode ser feita, usando o menor número de cliques possível.

Nos treinamentos e acompanhamento de clientes, também temos a cultura de observar o fluxo de uso, sempre buscando reduzir as jornadas para realizar uma tarefa.

Navegar pela informação é prático e rápido.

Como no Ozmap todos os elementos são relacionados, é possível “navegar” pela informação. De dentro de uma caixa é possível pular para a caixa que fica na outra ponta de um cabo. De dentro da tela de um cabo que passa por postes é possível centralizar o mapa ou abrir informações de todos os postes relacionados.

São apenas exemplos da filosofia que está presente em todo o Ozmap que procura colocar a informação o mais acessível possível.